Ir à página principal de entrada Ir à página principal do negócio Ir à página principal do producto All 3M.com Site Map

Identificar Riscos: O chumbo no Trabalho

As exclusivas propriedades do chumbo garantem a sua utilização nos processos de fabrico e construção durante séculos, e a sua presença é todavía manifestada hoje em dia.

Efeitos sobre a Saúde








Apesar da maioria do chumbo circular através do sangue e é eliminado de forma natural, sempre fica algum resto depositado e armazenado. Se os níveis acumulados são elevados, podem aparecer sintomas como dores de cabeça, obstrução e anemia.

  • O chumbo inorgânico, do tipo metal sólido, é absorvido mediante a inalação de poeiras, fumos, vapor, ou por ingestão.
  • O chumbo orgánico (alquilos), como os aditivos do petróleo ou das pinturas, também podem ser absorvidos através da pele.

Uma exposição continuada pode chegar a produzir danos no rim, cérebro ou sistema nervoso, como é o caso das incapacidades por 'paralesia da mão'. O envenenamento por chumbo orgânico também está associado a problemas psiquiátricos como a insónia.

Legislação
As Regulações para o Controlo de Chumbo no Trabalho (CLAW) de 1998, foram escritas utilizando os métodos mais modernos de investigação, permitindo realizar a identificação mais precisa disponível, de:

  • Áreas problemáticas
  • Quem está em risco
  • Como reduzir ou eliminar a exposição.

Responsabilidades do empresário
Os requisitos para realizar uma avaliação dos riscos incluem: ensaios de exposição significativa, identificação, controlo, exames médicos e revisões dos controles, métodos, ventilação e produção. Apesar da Protecção Respiratória ser recomendada só depois de ter posto em prática outras medidas de controlo, no entanto, a presença de chumbo em tantas áreas diferentes, incluindo fundição, cerâmicas, certas pinturas, recuperação de esmalte, e é recomendada a utilização de um protector respiratório apropriado.


Voltar a: Identificar Riscos